A semente de chia é considerada um superalimento, sendo assim saudável, nutritiva, funcional e bastante versátil. Apresenta mais ómega 3 do que qualquer outra fonte natural, é rica em antioxidantes, cálcio, proteínas, fibras, vitaminas e minerais.

Por ser um alimento calórico, fornece ao organismo a energia e resistência necessária para as atividades do nosso dia-a-dia, sendo assim uma semente energética. Como é rica em fibras solúveis, consegue regular o sistema gastrointestinal e dar uma maior sensação de saciedade, reduzindo a necessidade de comer de forma compulsiva. Para além de todos estes benefícios ainda auxilia na perda de peso, dado ser saciante e tornar a digestão mais lenta, assim ficas satisfeito de forma mais rápida e durante mais tempo.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA SEMENTE DE CHIA:

  • Fornece energia;
  • Melhora o sistema imunitário;
  • Previne o envelhecimento;
  • Elimina as gorduras e toxinas;
  • Regula os intestinos;
  • Ajuda na formação óssea e muscular;
  • Controla a glicemia;
  • Diminui o colesterol;
  • Combate doenças como a diabetes e as doenças cardiovasculares.

COMO CONSUMIR?

Esta pode ser consumida de diversas formas, no entanto esta não deve ser triturada nem mastigada, mas sim hidratadaIsso faz com que os nutrientes possam ser melhor aproveitados pelo nosso corpo.

Podes ainda adicionar a chia aos sumos, saladas, iogurtes, batidos ou em bolos.

QUAL A QUANTIDADE IDEAL QUE DEVO CONSUMIR?

Não existe uma quantidade padrão, depende de pessoa para pessoa e por isso é tão importante que te aconselhes junto de um nutricionista. No entanto, uma a três colheres de sopa por dia de sementes é mais do que suficiente para as tuas necessidades.

Apesar de ser um superalimento não consumas em excesso pois o seu alto valor calórico pode levar ao aumento do teu peso corporal.

COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL DAS SEMENTES DE CHIA

1 Porção de 25g (2 colheres de sopa)
Calorias 122 Kcal
Gorduras 7,7g
Gorduras saturadas 0,83g
Gorduras monoinsaturadas 0,58g
Gorduras polinsaturadas 5,92g
Hidratos de Carbono 10,53g
Proteínas 4,14g
Fibras 8,6g
Cálcio 158mg
Fósforo 215mg
Magnésio 84mg
Potássio 112mg
Ferro 1,93mg
Zinco 1,15mg
Vitamina A 14UI
Vitamina B1 0,16mg
Vitamina B2 0,04mg
Vitamina B3 2,21mg

 

Não te esqueças!

A chia é um superalimento que pelas suas características, propriedades e benefícios para a saúde deves adicionar à tua alimentação. Estas sementes aceleram o metabolismo, saciam, reduzem a absorção de gordura, regulam os intestinos e a glicose, diminuindo o desejo por açúcar ou doces.

Por isso quando associada ao exercício físico e alimentação saudável permite-te obter excelentes resultados!

 

 

 

A lipodistrofia ginóide ou simplesmente celulite é uma manifestação relativamente normal que acontece tanto em homens como em mulheres. Contudo, é muito mais comum nas mulheres (afetando cerca de 80%), nas regiões das coxas e nádegas. A falta de exercício, o excesso de gordura armazenada e a má alimentação são grandes aliados da celulite. Existem muitas mulheres magras com celulite, embora também hajam casos de mulheres com excesso de peso ou com uma distribuição uniforme da sua gordura sem celulite.

Celulite, o que é?

Esta é causada por uma combinação de alterações a nível da microcirculação estimuladas pelo acumular de gordura. Ou seja, com a acumulação de gordura, a pele é pressionada para cima, enquanto as fibras mantêm algumas regiões presas, formando ondulações e irregularidades, também conhecidas como pele casca de laranja.

Os fatores para o seu aparecimento são vários, desde uma alimentação inadequada, tabaco, sedentarismo, problemas circulatórios, fatores genética, consumo de álcool e desequilíbrio hormonal.

Como prevenir/reduzir a celulite?

Relativamente aos hábitos alimentares, deves corrigi-los de forma a remover os alimentos que predispõem o aparecimento de celulite, como fritos, alimentos gordos, açúcar refinado, entre tantos outros.

Assim, deves ter um consumo adequado de água e uma alimentação rica vegetais, frutas, cereais integrais, com doses moderadas de carne, peixe e lacticínios e pobre em gorduras, sal e açúcar.

É também muito importante que realizes 5 a 6 refeições por dia; comas de 3 em 3 horas; tomes sempre o pequeno-almoço; optes por métodos de confeção mais simples; como pratos cozidos, grelhados ou a vapor; varies nos alimentos; pratiques regularmente atividade física; evites o consumo de álcool e não fumes.

O ideal é prevenires o aparecimento de celulite, mas caso ela já esteja instalada deves prevenir a sua evolução e trabalhar na sua redução. Para isso segue as nossas dicas:

Alimentos a privilegiar:

  • Leite magro, queijo fresco magro e iogurte magro (com baixo teor de açúcar);
  • Frutas como maçã, pera, laranja, kiwi, abacaxi, melancia e melão;
  • Legumes e verduras (brócolos, couve, repolho, verduras de folha verde escura,…);
  • Alimentos antioxidantes (como frutos vermelhos, linhaça, aveia, limão, laranja, espinafres,…)
  • Sopa sem batata, com uma cenoura ou um pouco de abóbora;
  • Pescada, salmão, linguado e robalo;
  • Carnes magras como frango, peru e vaca;
  • Conservas ao natural ou em azeite;
  • 2 ou 3 ovos por semana;
  • Ervas aromáticas ou especiarias para temperar em vez do sal;
  • Azeite, em detrimento de outras gorduras como o óleo.

Alimentos a evitar:

  • Carnes gordas como porco, pato, ganso, cabrito ou borrego;
  • Ostras, lagostins e delícias do mar;
  • Enchidos, como chouriço, alheira ou farinheira;
  • Fritos com farinha ou pão ralado;
  • Conservas em óleo;
  • Doces industriais e bolachas;
  • Chocolates, gomas e bolos;
  • Maionese, mostarda e ketchup;
  • Bebidas alcoólicas e refrigerantes;
  • Alimentos processados e com aditivos.

A batata doce é uma raiz tuberosa comestível que apresenta um sabor adocicado. Existem diversos tipos, que se distinguem essencialmente pela sua cor e forma, algumas das quais não encontramos facilmente nas lojas. As mais comuns são:

  • Branca, é a mais doce e com uma polpa firme;
  • Alaranjada, tem uma textura suave e sabor adocicado;
  • Roxa, a menos doce e com a polpa mais seca.

A batata doce para além de apresentar hidratos de carbono e calorias é rica em:

  • Vitamina A, muito importante para a boa saúde dos olhos, da pele e do aparelho respiratório;
  • Vitaminas B1 e B5, que têm como função regular o sistema nervoso, coração, contração muscular, saúde dos olhos, pele, boca e cabelos, bem como o aparelho digestivo;
  • Vitamina C, que ajuda na imunidade e atua como antioxidante;
  • Sais minerais: cálcio, ferro, fósforo, sódio e potássio.

Quais são os seus principais benefícios?

  • Ajuda a controlar a diabetes devido ao seu baixo índice glicémico;
  • Ajuda na perda de peso porque é rica em fibras, logo diminui o apetite;
  • É rica em vitamina A e C, o que faz com que ajude a fortalecer o sistema imunitário e tenha antioxidantes;
  • Reduz o colesterol total e ajuda na digestão, devido ao seu alto teor de fibras;
  • Ajuda a manutenção de uma pele jovem, articulações e cartilagens saudáveis;
  • Regula a pressão arterial e reduz cãibras.

Porque razão devemos preferir a batata doce à batata comum?

Apesar de ser chamada batata “doce”, a verdade é que esta é realmente muito mais interessante do ponto de vista nutricional quando comparada com a batata branca.

A principal diferença entre uma e a outra está no tipo de hidratos de carbonos que cada uma apresenta.

A batata ‘normal’ é rica em hidratos de carbono de absorção rápida, ou seja, o açúcar é libertado para o sangue com muito mais rapidez e os níveis de insulina aumentam.

E o que provoca? Primeiro o nosso corpo deixa de queimar a massa gorda (gordura acumulada como reserva de energia), para dar prioridade àquela que está no sangue. Em segundo lugar aumenta o apetite, pois como existe um pico de glicémia no sangue, dá-se uma baixa, o que leva a uma maior vontade de comer.

Já a batata doce é rica em hidratos de carbonos de absorção lenta, ou seja, o açúcar é libertado para a corrente sanguínea de uma forma mais lenta. Assim, contrariamente ao que acontece com a batata “normal” vais ficar saciado durante mais tempo e os hidratos de carbono não se vão transformar em gordura armazenada.

 

SABIAS QUE:

– Embora seja rica em vitaminas lipossolúveis (A e E), a batata doce não apresenta gordura na sua composição. Por isso para manter estas características o ideal será cozer a batata ligeiramente a vapor e depois adicionar um fio azeite (para melhorar a absorção das vitaminas);

– A batata doce deve ser confecionada com casca, que contém muitas propriedades antioxidantes concentradas na pele, aproximadamente três vezes mais do que a sua polpa;

– Se for consumida antes de um treino fornece energia estável durante todo o exercício, sendo por isso uma excelente opção.

Mas atenção: se não praticares exercício físico e ultrapassares as doses diárias recomendadas, a batata doce pode levar a um aumento de peso;

Composição Nutricional da Batata Doce

 

1 porção de 180g (1 batata doce)
Calorias 214 Kcal
Gordura Total 0 g
Gordura Saturada 0 g
Gordura Trans 0 g
Colesterol 0 mg
Sódio 41 m
Hidratos de Carbono 51g
Açúcar 3g
Fibra 5g
Proteina 2g
% da dose diária recomendada
Vitamina A 146%
Vitamina C 56%
Cálcio 6%
Ferro 5%