Nos dias quentes de verão, o nosso organismo para além de precisar dos cuidados alimentares comuns, precisa de uma maior ingestão de líquidos e de uma alimentação rica em minerais, para combater o aumento da temperatura corporal e a transpiração excessiva.

 

Para quem gosta de passar os dias na praia existem outros tipos de cuidados com alimentação, que devemos adotar, especialmente na conservação de alimentos. Uma vez que o aumento da temperatura e da humidade criam ótimas condições para o crescimento de microrganismos nos alimentos, como as bactérias. Neste sentido, a probabilidade de ocorrência de doenças de origem alimentar (como intoxicações alimentares) durante estes meses é superior.

 

Para evitar o desenvolvimento de microrganismos, damos-te algumas dicas que deves adotar para conservar os teus alimentos na praia ou mesmo em casa.

 

Como conservar os alimentos:

– Opta por alimentos menos perecíveis, ou seja que não se estraguem com facilidade, como a fruta fresca, os frutos oleaginosos, os palitos de legumes (de cenoura, pepino, beterraba e curgete), as tostas integrais, tortilhas de milho ou de arroz;

– Utiliza geleiras, sacos ou malas térmicas que conservem bem o frio para transportar alimentos como queijo, iogurte, ovos ou comidas que apresentem carne ou peixe;

– Não coloques no frigorifico alimentos quentes, com por exemplo a sopa acabada de fazer, para não aumentar a temperatura do ambiente dos restantes alimentos e não colocares em causa a sua conservação;

– Evita deixar alimentos cozinhados à temperatura ambiente, durante um tempo superior de 2 horas;

– Evita armazenar alimentos durante mais de 3 dias, mesmo que seja no frigorifico;

– Não descongeles os alimentos à temperatura ambiente;

– A temperatura ideal do teu frigorífico deve estar entre os 0-5ºC e a do teu congelador deverá ser no mínimo de -18ºC;

– Evita colocar lancheiras, malas térmicas ou sacos de plástico vindos do exterior, no frigorífico;

– Dispõe os alimentos mais perecíveis (como iogurtes, fiambre, carne/peixe) nas prateleiras superiores, dado estar a uma temperatura superior e os menos perecíveis (como fruta, legumes) devem ficar nas prateleiras inferiores;

Opta por alimentos sempre bem cozinhados/passados, sobretudo carne, peixe e ovos;

– Guarda os alimentos em embalagens ou recipientes fechados, para que não haja contacto entre alimentos crus e alimentos cozinhados;

– Ao reaquecer alimentos já cozinhados assegura-te que o processo é o adequado e uniforme. No micro-ondas, deves ir homogeneizando o alimento.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *